Nota de repúdio

O Sindjus-RS vem, por meio desta, repudiar a atitude da administração do Ministério Público Estadual que, diferentemente das orientações administrativas de outras instituições, como o próprio TJRS que segue as recomendações do CNJ em relação à pandemia do Covid-19, faz com que seus trabalhadores retornem às suas atividades presenciais nesta segunda-feira, 04/05.

Assim como nós, do Judiciário, os servidores do MPE vêm desempenhando suas atividades em regime de trabalho diferenciado por conta dessa grave crise sanitária, mantendo sua produtividade. Não é correto expor de modo desnecessário os trabalhadores a riscos neste grave momento de crescente dos casos de contaminação. Portanto, tal medida não se justifica no nosso entendimento.

Mesmo pertencendo a outra instituição, solidarizamo-nos com esses trabalhadores e trabalhadoras por questão de consciência de classe. Além disso, eles desempenham suas atividades muito próximos a nós no dia-a-dia, em estreita colaboração.

O momento é de salvaguardar a saúde e a vida das pessoas para que possamos achatar a curva de contágios e retomar nosso trabalho com a maior segurança possível para todos.

 

#FiqueEmCasa
#TodosContraOCoronaVírus
#DefendaAVida

A Direção Sindjus-RS