“Não me calo”: Coletivo de Mulheres define nome e planejamento do próximo período

Em reunião ordinária realizada na sexta-feira (20/8), as trabalhadoras do Judiciário definiram que o coletivo de mulheres do Sindjus terá como nome “Não me calo” e definiu que o formato de organização dos trabalhos, além da definição das próximas atividades.

O nome “Não me calo”, que também foi o tema da campanha do mês da mulher Março por Elas, foi escolhido foi também por representar a luta das mulheres por espaço nas esferas políticas e sociais, e contra a tentativa de silenciamento promovido pelo machismo estrutural, que também está presente no ambiente profissional e sindical. A definição do formato de coordenação dos trabalho será definida da próxima reunião.

A reunião deliberou também a realização de uma live sobre a participação das mulheres nos espaços políticos, seminários de formação, realizar a interlocução com outros coletivos sindicais, além de workshops

O Coletivo Não Me Calo também vai criar uma página no Instagram, um email específico para as comunicações, além de reforçar o conteúdo no espaço já existente no site do Sindjus.

As reuniões do Coletivo Não Me Calo são abertas para todas as mulheres (aposentadas e da ativa) do Judiciário gaúcho, e todas as contribuições são importantes para construção da luta sindical das mulheres. As interessadas em participar do grupo de whatsapp podem enviar um email para contato@sindjus.com.br.