Março Por Elas: “Ser feminista é ser de luta” é tema de live no dia 8 de março

Como parte da programação do #MarçoPorElas, o Sindjus terá lives temáticas no canal do Youtube. A primeira ocorre no dia 8 de março, data em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher.

A convidada da atividade será a poeta e pós-doutora e feminista Lívia Natália. Em sua apresentação, Lívia discorrerá sobre a difícil e necessária luta contra o machismo e sobre a importância da conscientização e união  das mulheres, especialmente na atual conjuntura, particularmente desafiadora. “A realidade que estamos enfrentando é ainda mais dolorosa para as mulheres. Não bastassem todas as dificuldades já existentes, a pandemia agravou situações de violência e opressão, penalizando a mulher de maneira mais aguda”, pontua a diretora. 

Para debater com a convidada, participa da atividade a diretora Janete Togni e a servidora Ana Caroline Gonsales Jardim, que integra o GTASS e o Coletivo 8M Pelotas, e é doutora em Serviço Social.

A live acontece às 19h30 no canal do Youtube Sindjus (In)Formação e com retransmissão pela página da entidade no página no Facebook

As lives seguintes acontecerão nos dias 24 e 31 de março e serão previamente divulgadas nos canais de informação do Sindjus.

 

Saiba mais sobre a convidada:

Lívia Natália é poeta, Doutora em Literatura e Professora Teoria da Literatura na Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Pós-doutora em Literatura pela Universidade de Brasília (UNB). Autora dos livros Água Negra (Prêmio Banco Capital de Poesia/2010), Correntezas e Outros Estudos Marinhos/2015 (ed. Ogum´s Toques Negros), Água Negra e Outras Águas/2016 (Caramurê), Dia bonito pra chover (Prêmio APCA de Melhor Livro de Poesia do ano de 2017/ Ed. Malê, 2017) e Sobejos do Mar (Ed. Caramurê, 2017). 

Lívia teve um poema escolhido pela cantora e escritora Adriana Calcanhotto para a antologia por ela organizada sob o título “É agora como nunca” ( Ed.Cotovia/Portugal e Companhia das Letras/2017). Em 2018, lançou o seu primeiro livro infantil, As férias fantásticas de Lili (Ciclo Contínuo/2018), uma história narrada em versos.Tem pesquisas desenvolvidas nos campos da Teoria da Literatura para Literaturas Negras, Feminismos Negros e Pensamento decolonial.