Cartilha do Sindjus orienta sobre direitos e deveres de trabalhadores em greve

    Na próxima terça-feira (17), os servidores da Justiça do RS devem deliberar em Assembleia Geral sobre a realização de um movimento paredista com objetivo de pressionar a Administração do TJRS para que atenda às reivindicações da categoria.
    Para esclarecer as principais dúvidas dos trabalhadores sobre direitos e deveres de grevistas, o Sindjus/RS, em parceria com sua assessoria jurídica, elaborou uma cartilha com informações úteis e orientações básicas para a adesão ao movimento. “Informação é poder. Queremos que todos se sintam seguros e saibam seus direitos como servidores públicos para aderir à mobilização. Esperamos que este material ajude a dissipar eventuais receios e que os colegas compartilhem ao máximo as informações para aumentar o engajamento da categoria nesta etapa tão importante da nossa luta”, explica o diretor de Comunicação do Sindjus/RS, Emanuel Dall’Bello.

    Baixe aqui a cartilha.