Servidores respondem ataques de Leite em vídeo

Em vídeo divulgado nesta segunda-feira (13), entidades que integram a Frente dos Servidores Públicos do RS responderam aos ataques recentes do governador Eduardo Leite ao funcionalismo. Na semana passada, em entrevista ao canal Globo News, o governador do RS voltou a atacar os servidores, alegando não ser “razoável que existam duas categorias de povo: os que estão no serviço público e os que não estão”.

A declaração, na avaliação dos dirigentes do Sindjus, tenta forçar a animosidade entre os trabalhadores, como se houvesse privilégios a alguns. “A grande verdade é que Leite despreza os trabalhadores em geral, mas encontrou no funcionalismo público um alvo fácil para provocar conflito e desviar a atenção para sua falta de capacidade em lidar de maneira séria com os problemas do estado”, apontou o coordenador geral do Sindjus, Fabiano Zalazar. Neste ponto, destacam sindicalistas, as políticas de Leite e Bolsonaro estão perfeitamente alinhadas. No RS, o governador repete a investida contra direitos e garantias histórias dos trabalhadores do setor público que vem sendo conduzida pelo governo federal.

No vídeo (confira na íntegra abaixo), servidores de categorias que integram a FSP rebatem as críticas de Eduardo leite com a realidade enfrentada pelo funcionalismo público, congelamento de salários, atrasos, parcelamento e precarização, dificuldades ainda mais sentidas no período atual, de crise provocada pela pandemia do coronavírus.