Fruto de reivindicação do Sindjus, curso de combate ao assédio moral teve aula inaugural nesta segunda (18)

Dirigentes do Sindjus-RS participam de curso da Comissão de Prevenção e Enfrentamento ao Assédio Moral do TJRS, iniciado nesta segunda-feira (18). O curso, uma proposta do sindicato para a comissão, é ministrado pelo psicólogo do trabalho Arthur Lobato, que também assessora o sindicato na área da regulamentação do teletrabalho e trabalhou junto ao CNJ na elaboração da Resolução nº 351, que trata do tema.

A atividade é voltada para um grupo de servidores, magistrados e chefias do Tribunal, com o objetivo de identificar e coibir práticas de assédio moral e sexual do ambiente laboral, sobretudo na prevenção de tais ocorrências. Segundo Janete Fabíola Togni, diretora executiva do Sindjus-RS, a iniciativa é de fundamental importância educativa para combater o assédio moral. “Os servidores das Justiças Estaduais estão mais sobrecarregados do que quaisquer outros setores da justiça nacional, pois atendem a tudo, físico, eletrônico e com um déficit de trabalhadores gigante”. No mesmo sentido, Arthur Lobato refere que “os servidores e servidoras estão absolutamente doentes, com metas impossíveis e sensação de incompetência por não conseguirem atingir essas metas. A pessoa trabalha quinze horas por dia, fim de semana, dia e noite, aumentando os conflitos familiares por consequência”. Um outro fator de agravamento desse quadro, segundo Lobato, são “as horas de redes sociais, as quais viraram verdadeiro espaço de ódio, aumentando e generalizando a ansiedade e as doenças laborais.”

O psicólogo aponta que “é necessário que todos se desconectem mais das redes sociais e dos atuais meios de comunicação, pelos quais somos bombardeados e demandados pela absurda quantidade de informações que atingem o nosso cérebro. “Todos precisamos de limites, pois estamos doentes. O assédio moral é inclusive incentivado em muitas empresas da iniciativa privada, sendo uma ferramenta e decorrência direta das políticas neoliberais”, assevera o professor.

O curso prosseguirá nos dias 25 de outubro e 03, 08, 17 e 24 de novembro, das 14h às 16h e pode ser assistido pelo YouTube, no canal do CJud do TJRS, por meio do link:

https://www.youtube.com/channel/UCFXtg-Ba3L737QzwIeEh0yw