#EstamosTodosEmRisco: Aumento no número de casos confirmados de Covid-19 no Judiciário preocupa servidores

O agravamento dos níveis de contágio pelo coronavírus nas últimas semanas, com o retorno de diversas regiões do estado a classificação de risco mais elevadas, causa preocupação entre os trabalhadores da Justiça gaúcha. Conforme o último levantamento realizado pelo Sindjus junto ao Tribunal de Justiça do RS (TJRS) nesta quinta-feira (19), há  um total de 252 casos confirmados no Judiciário desde o início do monitoramento.

A direção do Sindjus tem realizado visitas a diversas comarcas para apurar denúncias de irregularidades e fiscalizar o cumprimento de todas as normas de segurança, como o respeito ao distanciamento e e lotação, oferta de equipamentos de proteção individual aos servidores e higienização dos ambientes. Um dos casos mais preocupantes que chegaram à direção sindical é na comarca de Uruguaiana, onde cinco servidores da 3ª Vara Cível testaram positivo para Covid-19 nesta semana, e um servidor que apresentou sintomas nesta sexta-feira (19) está em observação. Diante do fato, a direção do Sindjus encaminhou ofício à Administração do TJRS solicitando a testagem de todos os servidores e servidoras da comarca e o estabelecimento do Sistema Diferenciado de Atendimento de Urgência (SIDAU) até a normalização da situação.

Casos como este e a piora nos indicadores gerais no estado causam apreensão entre os trabalhadores do Judiciário, e a direção do Sindjus deverá solicitar reunião com a Administração do TJRS para tratar do tema, “uma vez que o fato deverá exigir medidas mais rigorosas e revisão dos parâmetros atuais de funcionamento”, apontou a diretora de patrimônio e finanças do Sindjus, Maria Rosa Junges.

Segunda onda

A velocidade de transmissão do coronavírus voltou a subir no Brasil, sugerindo que o país enfrenta a “segunda onda” de contágio. Conforme dados do Imperial College London, no Reino Unido, nesta terça-feira (17), a taxa de reprodução do vírus está em 1,1 no país (o índice aponta que 100 pessoas infectadas transmitem o vírus, em média, para outras 110). O número total de infectados está próximo de seis milhões de pessoas. No Rio Grande do Sul, o vírus já vitimou mais de 6,3 mil pessoas. Nesta quarta-feira (18), a Secretaria Estadual de Saúde confirmou o registro de 4.025 novos casos, ampliando o total de infectados para 287.204.
Na última atualização do mapa de distanciamento controlado do governo do Estado (após recursos dos municípios), sete regiões ficaram sob a bandeira vermelha, que representa alto risco.