Entidades da Frente dos Servidores públicos debatem enfrentamento conjunto à Reforma Administrativa

Dirigentes de entidades que representam os servidores públicos municipais, estaduais e federais do RS realizaram reunião virual na manhã desta quinta-feira (10) para debater a proposta de reforma administrativa do governo federal e estratégias para enfrentá-la.

 

Foi unânime entre os participantes do encontro o entendimento de que é necessário uma frente organizada e unificada com todas as categorias em todas as esferas para uma pressão política efetiva contra a aprovação da reforma no Congresso Nacional. Além de ações massivas nos meios de comunicação e nas redes sociais com as bases para esclarecer a sociedade, é imprescindível que os agentes políticos sejam acionados e sensibilizados sobre os prejuízos que decorrerão de uma possível aprovação das mudanças nas carreiras públicas.  

 

Estuda-se, ainda, a organização de um seminário conjunto para os servidores na qual devem ser explanados todos os pontos da proposta de reforma, a fim de subsidiar as bases com informações para o enfrentamento à reforma. “Só conseguiremos ter força para combater esse retrocesso se todos e todas estiverem engajados e comprometidos para fazer pressão”, pontuou o coordenador-geral do Sindjus, Fabiano Zalazar. Uma nova reunião com representantes das entidades deve ocorrer já na próxima semana, para lançar as primeiras ações de mobilização.