ORIENTAÇÕES SOBRE AS ELEIÇÕES DE COORDENADORES(AS) DE NÚCLEOS

As eleições para Coordenações de Núcleos que ocorreriam em 28 de outubro de 2019 foram suspensas em razão da deflagração da greve. Tendo em vista o início das atividades neste novo ano, a direção do Sindjus retoma o processo eleitoral. As eleições ocorrerão no dia 20 de março de 2020. Conforme prevê o artigo 41 do Estatuto, “os núcleos do Sindicato se dividirão em dez regiões , sendo eleito para cada núcleo um(a) coordenador(a), que deverá organizar sua região, juntamente com os representantes de comarca.” O(a) coordenador(a) de núcleo será o(a) porta-voz das demandas da categoria lotada na sua região junto à direção sindical, fazendo parte do Conselho Geral, órgão máximo de deliberação política no Sistema Diretivo do Sindicato. A organização dos núcleos é essencial para o fortalecimento da estrutura sindical, definindo coletivamente e de modo democrático a linha politica de atuação sindical e a orientação de nossas ações, bem como o levantamento das demandas específicas de cada região.

Quem pode ser candidato(a) a Coordenador(a) de Núcleo? 

Todos(as) aqueles(as) filiados(as) ao Sindjus até 180 dias antes da data da eleição.

Quem poderá votar no(a) candidato(a) a Coordenação de Núcleo?

Todos(as) os(as) filiados(as) ao sindicato até 90 dias antes da eleição.

Prazo para candidatura: de 15/01/2020 a 14/02/2020.

Divulgação dos candidatos: 15/02/2020.

Prazo para impugnação das candidaturas: dia 19/02/2020.

Comissão Eleitoral: Secretaria Geral, Secretaria de Política e Formação Sindical e Secretaria de Relações de Trabalho e Assuntos Jurídicos.

Mandato: 03(três) anos, sendo seu término ao final da atual gestão sindical.

A candidatura se dará mediante o preenchimento da Ficha de inscrição CN (clique no link) e envio ao e-mail contato@sindjus.com.br

Confira a lista de comarcas por região clicando aqui

No decorrer das próximas semanas, serão fornecidas orientações para o processo eleitoral.

Contamos com o apoio de todos para construirmos um sindicato forte, com solidez, unidade e democracia!

 

A Direção Sindical