CONVOCAÇÃO – LUTA CONTRA O PACOTE DA MORTE

O futuro do funcionalismo gaúcho está nas mãos do Parlamento – e a luta unificada pode ser decisiva para mudá-lo. Está em votação na Assembleia Legislativa a o conjunto de projetos do governo estadual que visa destruir serviço público do RS, o “pacote da morte” de Eduardo Leite. Nesta semana de votação, trabalhadores e trabalhadoras de todas as categorias do funcionalismo público precisam estar na Praça da Matriz e dar um recado claro ao governo e seus aliados: não deixaremos que destruam nossos direitos!

Por isso, a direção do Sindjus/RS convoca as servidoras e servidores do poder judiciário para lutar contra o pacote da morte, nos dias 29, 30 e 31 de janeiro, a partir das 9h, na Praça Marechal Deodoro (Praça da Matriz), em frente ao Palácio Piratini e à Assembleia Legislativa. 

O sindicato ressarcirá as despesas de alimentação e transporte de caravanas (ônibus, micro-ônibus e carros com 4 pessoas ou mais). Requeremos aos colegas que priorizem ao máximo a economicidade na escolha de seus transportes, buscando a utilização adequada dos recursos do sindicato. Poderão também procurar representantes das demais categorias para organizarem caravanas unificadas, como os colegas do Ministério Público, magistério, saúde, técnicos e segurança pública. O ressarcimento será feito exclusivamente mediante solicitação por e-mail (joseane@sindjus.com.br) com encaminhamento das notas fiscais  digitalizadas. Aos(às) servidores(as) participantes será fornecido atestado de acordo com o Artigo 64, XVI da Lei 10.098/94.

O momento é crítico, mas a resistência massiva dos trabalhadores e trabalhadoras de todas as categorias pode, sim, reverter esse quadro. O pacote da morte traz impactos nefastos na vida de toda a classe trabalhadora, ativos e aposentados, e precisamos da força de todas e todos para conseguirmos barrar esses retrocessos. 

 

A Deireção

 

Sindjus/RS