Câncer de mama: mês de Outubro alerta população para prevenção e autoexame

Pelo terceiro ano consecutivo, Fenajud vai trabalhar o tema em suas redes sociais com objetivo de conscientizar e alertar população sobre importância do autoexame. Sindjus soma-se a esta luta

A pandemia ocasionada pela Covid-19 mudou a rotina de milhares de pessoas, principalmente quando o assunto é saúde. Prova disso é o resultado de uma pesquisa do Ibope com a Pfizer, realizada com 1.400 brasileiras, que mostra que 62% das mulheres estão esperando a pandemia acabar para retomar consultas médicas e exames de rotina para detecção de câncer de mama.

A pesquisa identificou que um quarto das mulheres com mais de 50 anos não recebe a indicação para fazer mamografia e ultrassom. O dado é preocupante, apontam especialistas, pois é nessa fase, justamente, que o risco de câncer de mama aumenta: cerca de quatro em cada cinco casos ocorridos após essa faixa etária.

Dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer) mostra que o Brasil figurava, em 2018, na segunda faixa mais alta de incidência de câncer de mama entre os todos os países com uma taxa de 62,9 casos por 100 mil mulheres (taxa padrão utilizada mundialmente). Os países são agrupados em cinco faixas.

Quanto à taxa de mortalidade de câncer de mama, o Brasil está situado na segunda faixa mais baixa com uma taxa de 13 por 100 mil, ao lado de países desenvolvidos como EUA, Canadá e Austrália, e melhor de que alguns deles, como a França e o Reino Unido.

Para o órgão, os cuidados com as mamas devem ser o ano inteiro e não apenas em outubro.

De acordo com a Dra. Larissa, Ginecologista e Obstetra ouvida pela Fenajud, “Por isso é importante orientar a população para que as pessoas se conscientizem que ele existe e é prevalente. Entre os homens ele também pode ocorrer, mas com frequência menor. A melhor forma de diagnosticar ainda é a prevenção”.

Confira aqui o vídeo e saiba identificar os sintomas.

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu na década de 1990 e tem como objetivo compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Pensando na necessidade de debater o tema e alertar a população, a Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados) fará, pelo terceiro ano consecutivo, a campanha de conscientização. A campanha que tem como tema “A prevenção está em suas mãos” é um chamado a toda a sociedade.

O mês de outubro deve lembrar que o cuidado com as mamas, inclusive pelos homens (a doença afeta cerca de 1% deles, mas de forma bem agressiva), precisa ocorrer o ano inteiro.

O material será divulgado amplamente nas redes sociais da entidade e de seus sindicatos filiados.

Qualquer alteração, procure atendimento médico.

 

Texto e imagens: ASCOM Fenajud