TRIBUNA LIVRE: SINDJUS ALERTA A SOCIEDADE SOBRE IMPORTÂNCIA DO TRABALHO DOS SERVIDORES DO JUDICIÁRIO

    Em roteiro de mobilizações pelo interior do estado, a nova direção do Sindjus percorre comarcas do interior para denunciar o congelamento nos salários dos servidores do Poder Judiciário e conscientizar a sociedade gaúcha sobre a importância do trabalho desempenhado por esses servidores. Na última quinta-feira (4), dirigentes do Sindjus e Abojeris estiveram na Câmara de Vereadores de Pelotas, uma das maiores comarcas do Estado, e ocuparam o espaço da Tribuna Livre para tratar da pauta reivindicatória da categoria.

    Com a participação dos diretores do Sindjus Marco Velleda e Valdir Bueira, a atividade na Tribuna Livre contou com a presença de dezenas de servidores da comarca. Na ocasião, foi protocolada moção de apoio da Câmara de Pelotas proposta pelo vereador Ivan Duarte (PT) pela aprovação do PL 218/2017, que trata da recomposição inflacionária nos vencimentos dos servidores do Judiciário. O projeto enfrenta resistência da base governista para avançar na Assembleia Legislativa, e está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aguardando aprovação do parecer favorável apresentado pelo relator, Luiz Fernando Mainardi (PT).

    O objetivo da ação, destacam os dirigentes, é mobilizar a categoria pela defesa da recomposição mas também alertar a sociedade sobre a importância de valorizar e fortalecer o Judiciário. “É fundamental que a população entenda que, diferente dos magistrados, os servidores do Poder Judiciário não recebem qualquer tipo de privilégio, pelo contrário. Estamos desgastados, sem reposição, trabalhando em sobrecarga e com defasagem, lutando pela preservação de cargos e por um plano de carreira que ainda não temos”, enfatizou Marco Velleda, que também é coordenador da Fenajud. Também é destaque na pauta reivindicatória da categoria a luta contra a extinção do cargo de Oficial escrevente do quadro de servidores da Justiça do RS, tema do PL 93/2017 de proposto pela Administração do TJRS, também em tramitação na CCJ e com parecer favorável do deputado Edson Brum (MDB).

    “A Justiça gaúcha só é destaque em eficiência porque os trabalhadores e trabalhadoras são esforçados e dedicados apesar de todas as adversidades. O mínimo que esperamos – e exigimos – é o reconhecimento por esse esforço”, destacou  Valdir Bueira, diretor do Sindjus e vice-presidente da Abojeris. A atividade na Tribuna Livre integra a agenda de lutas para os meses de julho e agosto, uma série de ações propostas pela nova direção do Sindjus e aprovadas em Assembleia realizada na última terça-feira (2) em Porto Alegre. Dando sequência ao calendário aprovado, nesta quinta-feira (11), a direção do Sindjus estará em Uruguaiana para falar na Tribuna Livre.

     

    Veja Também