Sindjus intensifica trabalho parlamentar no retorno do recesso do Legislativo

    Na manhã desta terça-feira (6), os diretores  do Sindjus estiveram na ALRS em nova rodada de visitas aos gabinetes de deputados de todas as bancadas para tratar dos projetos de interesse da categoria que tramitam na Casa. 

    Na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o PL que trata da reposição parcial das perdas dos servidores do Judiciário segue com pedido de vista, desta vez do deputado Luiz Henrique Viana (PSDB). Apesar de a proposta já ter parecer favorável do deputado Luiz Fernando Mainardi (PT), parlamentares da base governista têm se revezado no pedido de vista ao projeto com o intuito de postergar seu avanço. “Obviamente não há mais o que estudar sobre a proposta, que já teve sua tramitação esgotada na casa na legislatura passada. O que o governo faz é uma manobra lamentável para trancar nosso projeto”, destaca o coordenador do Sindjus Fabiano Zalazar. 

    Sobre o PL 93/2017, do Poder Judiciário, que visa extinguir os cargos de Oficial Escrevente, os diretores do Sindjus atualizaram os parlamentares sobre a apresentação de proposta alternativa à Administração do TJRS (que deve apresentar posição nos próximos dias) e levaram cópias do documento para os deputados. A partir desta articulação, conseguiram evitar que o projeto fosse colocado na ordem do dia desta terça-feira.

    Nas próximas semanas, os dirigentes sindicais seguirão roteiro de visitas a comarcas do interior do estado para dialogar com os servidores. “Estamos em movimento; desde o primeiro dia de nossa posse, trabalhamos com o compromisso de estar em sintonia com a categoria, e para isso é fundamental estreitar as distâncias. Queremos conversar com os colegas de todo o estado e construir essa caminhada diariamente e com a colaboração de todos”, destacou o secretário geral do Sindjus, Valter Macedo.