Sindjus integra grupo de combate ao assédio moral do TJ

Foi realizada nesta quinta-feira (16) reunião virtual da Comissão de prevenção  e enfrentamento  ao assédio moral e doenças recorrentes do TJRS. O grupo será presidido pela Desembargadora Lizete Seben e contará com representantes da administração, magistrados e servidores do DMJ, além de representantes das entidades dos servidores (Sindjus, da ASJ e Abojeris) e dos magistrados (Ajuris). Pelo Sindjus, integrarão a comissão a diretora Janete Togni na condição de titular, e como suplente o coordenador geral, Fabiano Zalazar.

No encontro, foi definida a retomada dos trabalhos da Comissão (instituída pelo Ato 38/2015, na gestão do Desembargador Aquino) e escolhida  para a secretaria executiva e administrativa uma servidora que atua na Corregedoria Geral de Justiça (CGJ). Ficou definida a produção de uma nova cartilha sobre Assédio Moral da Comissão. Na reunião, ainda, foi instituído um Grupo de Trabalho sobre assédio sexual.

A diretora  Janete Togni esclareceu que o Sindicato, que agora é  assessorado por médica do Trabalho especializada em assédio moral no Judiciário, atuará ativamente no grupo. “Faremos um trabalho muito técnico junto à Comissão, no sentido de propor políticas em defesa dos servidores e medidas de prevenção, combate e resolução de casos, inclusive os ocorridos durante este período de distanciamento social”, destacou Janete.