PARALISAÇÃO DE SEXTA SERÁ PREPARATIVO PARA ASSEMBLEIA GERAL

    A direção do SINDJUSRS irá avaliar a mobilização da categoria nesta sexta-feira, 12, que servirá de “esquenta” para a grande assembleia geral a ser marcada nos próximos dias. De acordo com o coordenador geral, Marco Aurelio Weber, o sindicato continua no aguardo de posicionamento do presidente do tribunal de justiça, Carlos Eduardo Zietlow Duro, com relação às reivindicações da categoria. A paralisação deste dia 12 será de duas horas, das 9.30 às 11.30, observando o percentual de 30 por cento de servidores da unidade em questão no atendimento ao público. O sindicato está sugerindo aos servidores para que usem fitas pretas para demonstrar o LUTO de todos pelo não atendimento, até o presente momento, pelo TJRS, da pauta de reivindicações tirada na última assembleia geral e contra a PEC 06/2019 que trata da Reforma da Previdência.
    ORIENTAÇÕES IMPORTANTES:
    O Sindjus sugere que durante a paralisação os servidores usem uma faixa preta no braço, para demonstrar LUTO pelo não atendimento às reivindicações;
    2) Que os panfletos com as reivindicações da categoria sejam distribuídos em frente aos Foros, para sensibilizar a opinião pública sobre o movimento;
    3) Que se garanta o percentual de 30% do total de servidores da unidade em questão no atendimento ao público;
    4) Que os servidores vistam a camiseta do Sindjus, e exibam faixas e cartazes relativos ao movimento;
    5) Que os representantes de Comarca (e demais servidores onde não houver representantes) imprimam os dois modelos de panfletos enviados pelo sindicato;
    6) Que as manifestações sejam registradas com fotografias, e enviadas no mesmo dia para o e-mail: imprensa@sindjus.com.br, e ou whattsapp 51-99706088, com o relato resumido das atividades realizadas na Comarca.
    #ValorizaçãoJá!
    #Contrareformadaprevidência!
    #Reajustezeroeunãoquero!