Não à cassação de Glauber Braga! 

O Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (Sindjus/RS), vem através desta nota prestar apoio e solidariedade somar-se à campanha em defesa do mandato do Deputado Federal Glauber Braga (PSOL/RJ).

Em tempo recorde, a tentativa de processo de cassação do mandato do parlamentar tramitou na última terça-feira (14), no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. A representação foi apresentada pelo PL (partido de Bolsonaro) e articulada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP/AL), após Glauber perguntar se o deputado alagoano não tinha vergonha de querer privatizar a Petrobras por votação de maioria simples. 

Nesta terça-feira (21), o presidente do Conselho, deputado Paulo Azi (União Brasil/BA), rejeitou pedido do PSOL, partido de Glauber, para arquivar o processo. Após um sorteio, a lista tríplice para relatar a representação contra o mandato de Glauber Braga é formada pelos parlamentares Márcio Marinho (Republicanos/BA), Gilberto Abramo (Republicanos/MG) e Marcelo Nilo (Republicanos/BA). Importante destacar que esse é o mesmo Conselho de Ética que rejeitou o processo contra o deputado Eduardo Bolsonaro por sua defesa ao famigerado AI-5.

O que está acontecendo neste momento dentro da Câmara dos Deputados não diz respeito somente ao mandato parlamentar de Glauber Braga. Mas sim, é um retrato do ataque que as liberdades democráticas e aqueles que defendem o estado social, o estado democrático de direito e a nossa soberania vêm sofrendo, pagando muitas vezes com a própria vida.

Nos somamos à campanha #glauberfica, pressionando o  Conselho de Ética, o plenário da Câmara dos Deputados, Arthur Lira e o próprio presidente Jair Bolsonaro para que vejam que encontrarão luta e resistência na articulação para tentar cassar um mandato parlamentar a serviço dos direitos dos mais necessitados, dos servidores e dos serviços públicos e do patrimônio público e estratégico para nossa economia, que pertence a todo povo brasileiro.