Assembleia Geral desta quinta pretende discutir reposição salarial e rumos da luta sindical em 2018

    Os servidores da Justiça Estadual têm um compromisso com o futuro de suas carreiras nesta quinta-feira. A direção do SindjusRS convoca para a primeira Assembleia Geral da categoria em 2018. O encontro será no Auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, a partir das 9h.
    A participação dos servidores é fundamental para que se defina, com o mais amplo debate possível, os rumos da luta sindical neste ano. A direção do sindicato aproveitará a oportunidade para prestar contas, apresentar as previsões orçamentárias para 2018 e discutir o plano de reposição salarial, que já começou a ser tratado diretamente com o TJRS no primeiro encontro dos diretores do SindjusRS com o novo presidente do Tribunal.
    O coordenador geral do SindjusRS, Marco Aurelio Weber, reforçou o convite à categoria para que se mobilize e comparece ao Auditório Dante Barone nesta quinta.
    – Apesar das imensas dificuldades enfrentadas não só por nós, mas por todas as esferas do serviço público, é preciso manter a união e a mobilização no sentido de acompanhar atentamente e lutar quando for preciso pela manutenção dos nossos direitos. É necessário que esta assembleia marque o comparecimento de toda a categoria, ou de grande parte dela, demonstrando a força e a capacidade de mobilização desta que é uma categoria de fundamental importância para o serviço público estadual – ressaltou.
    O almoço aos participantes da Assembleia Geral será coletivo, na Praça da Matriz. Haverá, portanto, apenas o pagamento de meia-diária aos servidores das comarcas do interior para despesas de alimentação durante o retorno. Vale lembrar também que prestação de contas foi publicada no site do SindjusRS em 05/03/2018.
    Os participantes receberão atestado, conforme a legislação, que prevê a possibilidade de afastamento do trabalho para comparecimento a atividades sindicais.
    Confira as demais informações sobre ressarcimento de despesas no link.

    INFORMAÇÃO OFICIAL SINDJUSRS. NÃO CAIA EM BOATOS!